terça-feira, setembro 26, 2006

Sons...


Tudo o que te dizem, só importa se tu concordares.

Pintura de
Kuzma Petrov-Vodkin


12 comentários:

Entre os teus lábios disse...

Ou se te importares com a opinião dos outros!

:)

Bandida disse...

entre os teus lábios: Mas não devemos se não concordarmos... :)

Obrigada pela visita!

Na curva da vida disse...

A limgua portuguesa é muito traiçoeira....dizer é falar...
Fala-se de tudo...ou de todos e de ninguém...concordamos ou não...

estorninho disse...

Há uns anos apareceu um filme que foi um êxito de bilheteira chamado "Look Who's Talking!". De tal forma que até fizeram a continuação: "Look Who's Talking, too!" e "Look Who's Talking, Now!". Apesar da sua fraca qualidade ainda muita gente se lembra, pelo menos, dos títulos... porque será?

Bandida disse...

na curva da vida: Pois...

Bandida disse...

estorninho: Cometendo-se muitos erros, aprende-se o que é um erro e como evitá-lo. Sabendo o que é o erro, chega-se cada vez mais perto da verdade. É uma exploração individual, não pode depender das conclusões dos outros.

Obrigada pela visita!

M5Sol disse...

Se concordares ou se ouvires, porque ele há coisas que não se ouvem sequer...audição selectiva...dá um jeitão!!!!!!!!!!!!!!

Bandida disse...

m5sol: Ainda bem que tu consegues isso...Eu ainda tenho muito a aprender... :)

M5Sol disse...

Estamos sempre a aprender, felizmente, não há nada melhor que ter sempre alguém que saiba mais que nós, para nos ensinar sempre algo novo, para mim é uma dádiva. Gosto muito de aprender coisas novas. É chamada a sofreguidão da aprendizagem.
Beijo

Castanha disse...

Bandida...pensava que só importava se quem ouve "escutar", porque isso pressupõe uma disponibilidade e interesse pessoal no que é dito... estou baralhada...para variar...ehehehe
beijo

estorninho disse...

Vejo que já vais no segundo filme da sequela!
Quanto à teoria dos muitos erros para aprender o que é Um Erro... não me parece! Há quem aprenda ao primeiro e quem nunca aprenda... ou não queira aprender... como evitá-lo!
Por isso percebo que a tua frase, "sabendo o que é o erro, chega-se(...)mais perto da verdade", não faça sentido. Só se chega perto da verdade se quisermos Evitar o erro.

Beijo e bons treinos

Bandida disse...

m5sol: "Aprender, aprender, aprender sempre..." Já lá dizia o outro... :)

castanha: Baralha e dá...para o jogo ser limpo... :)
Beijo

estorninho: As ideias servem de substitutos onde a vida é misteriosa e descobrimos hiatos que não podem ser preenchidos pela realidade. Então, preenchemos esses intervalos com ideias, e finalmente começamos a sentir-nos satisfeitos porque a vida é compreendida.