segunda-feira, setembro 18, 2006

Wild is the Wind



Love me, love me, love me, say you do
Let me fly away with you
For my love is like the wind, and wild is the wind
Wild is the wind
Give me more than one caress, satisfy this hungriness
Let the wind blow through your heart
For wild is the wind, wild is the wind


You touch me, I hear the sound of mandolins
You kiss me
With your kiss my life begins
You're spring to me, all things to me
Don't you know, you're life itself!

Like the leaf clings to the tree,
Oh, my darling, cling to me
For we're like creatures of the wind, and wild is the wind
Wild is the wind

Like the leaf clings to the tree,
Oh, my darling, cling to me
For we're like creatures in the wind, and wild is the wind

Wild is the wind


(Cantado pelo génio de Nina Simone)

E digo eu que tudo se vai transformando em cada milésimo de segundo das nossas vidas. Somos e vamos sendo tudo com pedaços de nada. Selvagens, lobos, bandidas. Discretamente. Conseguimos no sorriso e na lágrima a pestana e o sono. Apesar de tudo...

10 comentários:

musalia disse...

...'apesar de tudo'...é bem certo.

obrigada pela visita ao meu espaço. e bons ventos para o teu que inicias agora.

(adoro a voz de Nina Simone!)

voltarei :)

Bandida disse...

musalia: obrigada pela visita! Também eu adoro a voz dela...

Anónimo disse...

O amor tão bem cantado!...

Calca-mar disse...

Bem vinda à blogosfera, cá estou a retribuir a visita! Felicidades. Já te linkei. Beijo!

Bandida disse...

Anonymous: É mesmo!

Calca-Mares: Obrigada! Beijo!

Diogo Ribeiro disse...

...Apesar de tudo, Nina Simone foi (é) sensacional.

Queria só passar por aqui e desejar boa sorte a este teu espaço que inauguras na blogosfera.

Abraços.

Bandida disse...

diogo ribeiro: Obrigada! :) pois é mesmo, apesar de tudo...

Anónimo disse...

e agora? uuuuuuhhhhhh que medo quando olho para dentro..... vamos tomar um gole de café? K

Bandida disse...

K : (rsrsrsrs) para variar, enganaste-te no post, não deveria ser neste que querias o teu comentário... :) Vamos lá ao café...(brrrrrrrrr)...Abraço enorme!

Parapeito disse...

..e apesar de tudo..........é sempre tanto...

de são e lobo..todos temos um pouco...Gosto mais assim do que de são e louco :)