quarta-feira, novembro 08, 2006

Loucura I



"No fundo o que é um maluco? É qualquer coisa de diferente, um marginal, uma pessoa que não produz imediatamente. Há muitas formas de a sociedade lidar com estes marginais. Ou é engoli-los, transformá-los em artistas, em profetas, em arautos de uma nova civilização, ou então vomitá-los em hospitais psiquiátricos."


António Lobo Antunes

29 comentários:

Teresa Durães disse...

normalmente vomitam-nos em hospitais psiquiatricos. mas comno estes também não os querem lá fica o jogo do empurra. e quem se lixa...

Teresa Durães disse...

e a definição de maluco é alguém que não entra no rebanho dos acostumados.

linhas tortas disse...

"Em terra de loucos quem é normal é louco" (!)

Anónimo disse...

As voltas que ele deu para se justificar fora do hospital psiquiátrico... ;)

Betty Branco Martins disse...

Olá Bandida

De sábios e de loucos - todos temos um pouco...

Beijinhos com carinho

Isabel disse...

O verdadeiro marginal não fica em hospitais psiqiatricos, mais depressa se torna livre e sem abrigo... ser poeta , profeta, arauto da nova civilização porque a sociadade te engoliu e assim os trasformou... bm ai não sa~o nada... é-se alguma coisa quando se é e não quando nos trasformam nisso.
O que é um louco?
Loucos somos todos, louco é alguem que não se dá ao trabalho de disfarçar a sua loucura.

Acho engraçada a tua associação ao absinto.
Fartei-me de beber absinto no liceu, era a nossa bebeida de eleição...será que foi por isso que fiquei assim?

Isabel

Maria Ostra disse...

"... - Mas eu não quero estar entre gente doida, observou Alice.
- Oh, não tens outro remédio, disse o Gato. Aqui somos todos loucos..."

Lewis Carrol, Alice no Pais das Maravilhas

Abssinto disse...

Sempre fui marginal. Alegremente:)

...E pimba! gamei-te o cartaz a La Moulin Rouge para futura aplicação!

Beijo

pintoribeiro disse...

Sempre se podem deixar mais alguns na net, não?...excelente, mesmo com o lobo antunes. brrrr. Bom dia, bjinho,

Pierrot disse...

Antes de mais, não, não e não!
Se te sair o jackpot não me levas o gatinho...custou-me tanto!

Sobre o texto de Lobo Antunes, vi um filme hà pouco tempo, Mozart and the Whale, de que fiz crónica, que aborda um pouco a questão dos alegados malucos... Será que são assim tão diferentes de nós?

Olha que não, olha que não!!!

Abraços
Eugénio

AR disse...

A primeira foto está de génio...
A maioria dos loucos que eu conheço estão nos hospitais psiquiátricos e afins, no entanto, vestem bata branca!

Mar da Lua disse...

"No Fundo o que é um maluco?" este senhor ainda tem a destintissima lata de perguntar tal alarvidade? um maluco é ele, maluco, irresponsável, , arrogante, pobre de espirito e uma ameça que se passeia qual espectro hululante pelos corredores do Hospital Miguel Bombarda. Pena é que não se dedique àquilo que melhor faz...escrever!

mfc disse...

A 2ªopção é de longe a mais usada...!

sobre-nada disse...

Bebi absinto em barcelona, fiquei totalmente alucinada!

sobre-nada disse...

Cum carago, não se consegue comprar aqui.

sobre-nada disse...

Porra, porque me lembrei disto!!!! Acho que fiquei viciada. Tu já provaste?

Louco de Lisboa disse...

Oui, cést moi...

Que linda foto a dos lábios, adorei!!!

Kiss, até outro instante

Plum disse...

O que é ser normal e o que é ser maluco?????abraços da terra da magia!*

al-jib disse...

ninguém melhor do que o ALB ,por todas as razões e mais alguma ,para falar de cor sobre nós ,os eternamente inconformados

acaso as sociedades evoluem sem eles?

acaso teríamos tido civilizações como a egípcia ,grega ,romana , maia ,inca ,etc ,etc ,sem os malucos?

se não fossem os ditos malucos ainda estaríamos na pré.história ...
por isso
e ,felizmente ,faço parte ,assumida ,dessa "matilha"

deixo.te um beijo!

Andreia do Flautim disse...

Em tempos também Jesus Cristo não foi considerado muito normal...

Rita Contreiras disse...

É todo aquele que ousa seguir pelo lado contrário, não encenar a peça social e que tanto incomoda por mostrar aos outros partes de si mesmos. O que fazer então? Enquadrá-lo em alguma classificação patológica para nos protegermos da nossa própria "loucura". Valeu o uivo.

MRF disse...

Incomoda-me imenso que sejam "vomitados" em hospitais. de resto, quanto à "loucura" que provoca sofrimento, nem ouso falar. Mas a quantidade de gente maluca que se impõe aos outros, orgulhosas da sua suposta diferença, preocupa-me. em mil malucos, se um for o arauto de qualquer coisa boa, é extraordinário. o resto é pose e/ou burrice.

merdinhas disse...

"Le fou n'est pas celui qui a perdu la raison, le fou est celui qui a tout perdu sauf la Raison"

J.K Chesterton

Desassossego disse...

Antes louca que normalizada...
Um beijo doce.

-pirata-vermelho- disse...

Saõ mais escovados, varridos;
outras vezes arrumados...
também os há empurrados e lá escondidos.

Mas não são vomitados.

-pirata-vermelho- disse...

A fronteira é ténue, já sabemos; a dificuldade reside em resistir ao aliciamento - é fácil e divertido ser maluco. É divertido, "infantil"(izante) e desresponsabilizador como os programas de televisão MAS é proíbido! Por ser perigoso ou por ser incontrolável e pouco rentável?

-pirata-vermelho- disse...

Antes louca que normalizada, disse ali 'a' desassossego correndo o risco de ficar sob a vigilância do chefe(*) lá no emprego


------------------------
(*) Gosto de dizer XÉF,
mesmo mentalmente...

XÉF!

Ahlka disse...

A foto está espectacular, a citação não lhe fica atrás, embora com as devidas reservas pelo facto do autor ser psiquiatra.

Nunca percebi se vão para psi pq já são loucos ou se a loucura é contagiante, acabando eles também com a sua dose de loucura :)

Mel disse...

Olha Bandida, Lobo Antunes, tb? não é demais?
Bandida ... eu já me converti aos Lobos da Vida há muito tempo ...
Faço agora a Dança com Loucos ... dançando claro!

***
Bjs de Mel e boa semana!