sexta-feira, fevereiro 16, 2007



eleva-se a cor.

deita-se.

inventa-se.

mistura-se.

bebe-se.



assim


____________________________

Matisse, Le Bonheur de Vivre

27 comentários:

Anónimo disse...

Viva! Ou ladra! Viva bandida!
Foi bom ter indicado a autoria do verso de Franco Alexandre, mas lembra(m)-se, não indicou a autoria do poema da 'Rosa vermelha numa jarra vermelha' que, obviamente, não era seu. Como se chama este milagre?
Abraços e o seu a seu dono!
PS - o poema era de Ana Hatherly in Fibrilações

Abssinto disse...

Vapores ébrios da arte e do vinho! elevai-me!...

beijos

Anónimo disse...

assim Matisse sobre uma taça de verdadeiro néctar.



_______________vou ali. já venho. chamam-me do país dos frémitos...


:))))))))))))


beyjo de lua...


Y.


ah...até me esquecia....


"beleza de post"....


________________

Su disse...

deliciei.me

assim

jocas maradas

Anónimo disse...

Eu sei que não fui convidada para a festa mas - e não é por despeito que o digo - ainda bem. É que «Veuve Clicquot»... já era ... ou nunca foi, em França. É mesmo para turista beber... Há melhor, muito melhor. Ai as coisas que eu lhe posso ensinar sobre esse néctar... e outros...
até à próxima aula :-)))))))))

Anónimo disse...

post scriptum
sobre os néctares e sobre os cálices...

ainda relativamente ao V. C. a história da mulher, que está por detrás do dito, é fascinante- a lembrar a nossa Ferreirinha. O champagne não é mau, não; em Portugal é um dos melhores que se pode arranjar ( «um dos», disse eu); mas eu vou meter uma cunha para que possa apreciar o que é realmente bom. Bebido comme il faut e na melhor companhia - morangos com sabor a morango e sem pesticidas! (etc)

Cici disse...

Querida Bandida

O meu foi um dia de lutas sem conquistas. Esta tua ternura foi uma festinha no rosto nunca imaginada. Lindas as misturas e o Matisse e o link para os Frémitos... E as surpresas têm um sabor tão especial quando nos vêem de quem não esperamos.
Linda surpresa. É uma honra muito grande.
Um beijo muito grato. :)

Cici

Bandida disse...

quem são os anónimos?!....


somos todos... mas uns mais que outros....



pena... |!!!!!!!!




B,

_______________________

Bandida disse...

... enão me aborreçam....


!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!






B.
_________________________

Anónimo disse...

a anónima que lhe fala de V.C mandou-lhe um mail. Há coisas que ESTA anónima não diz na praça pública!

bettips disse...

O bichinho que conheço!Festinha na cabeça do lobinho, que é tão terno. Matisse e dança com lobas, este pintor da mulher que ondula ou pula na onda...! Bjinho

merdinhas disse...

e ao que parece reinventa-se.

assim. aqui.

Anónimo disse...

eh eh eh

entro a rir por causa do VC, da Ferreirinha e etc.

E saio a rir por ter acabado com o dedal de Almoçageme!

Bandida, inveja-me!

PS: adoro o Matisse! E voltaremos a Ceilão!

porfirio disse...

boa-noite

:
simpático este jardim
ainda mais com
o electrizante matisse
para não dizer
hipnótico

.bebo.

bjo

Betty Branco Martins disse...

Querida Bandida

É mesmo isso________Le Bonheur de Vivre:))

Beijinhos com carinho
BomFsemana

intruso disse...

assim!

:)

BEIJO

Anónimo disse...

tá na moda ser-se anónimo???????



______________________




bom dia.






em lisboa....



Ceilão é longe....mas tem de facto um chá "imperial"...


b.


Ysabel.

Anónimo disse...

Bom dia, Bom dia, Bom dia!
um Beijo fresquinho saído do Banho.
Bora à Bica? (digo, ao chá)?

UMA tua anónima, MTC
:-)))))))))))

Anónimo disse...

ok, vou sozinha e trago-te/nos um chocolate preto
:-)))))))
anonimamente,
MTC

Anónimo disse...

e pega lá mais um Beijo, antes de sair

MTC, a tua anónima hoje ananasada :-)))))))))

Anónimo disse...

Li....

tb. me pareceu insólito.....



ele há coisas fantásticas não há????


o que o sono faz às pessoas.


anonimamente imf. ou seja Ysabel.


:))))

inté....

hfm disse...

Coincidências. Andamos no mesmo pintor lá no Alicerces.

alice disse...

queria levar o post direitinho para a parede da minha sala. com um B. por baixo. é lobo matisse! beijinho muito grande. e obrigada.

Anónimo disse...

Anonimamente não gosto de Matisse.Mas que há quem goste, isso há.
Anónima F

Anónimo disse...

Sabes, não sei bem porquê mas embirro imenso contigo.

ASTI disse...

Sabes, eu também embirro imenso contigo! Que coisa!
Embirro com o teu delicioso sentido de humor.
Embirro com os teus olhos lindos, que te vão a matar-me (plagio, aqui, a Pilantra)
Embirro com o facto de saberes mais de música do que eu.
Embirro porque sabes mais da minha área de «especialidade» do que eu da tua.
Embirro porque há mais gente a gostar de ti do que de mim.
Embirro porque tens uma voz que me deixa louca.
Embirro porque és inteligente.
Embirro porque és segura.
Embirro porque queria ser como tu e não há meio de lá chegar.
Embirro com o teu sorriso lindo.
Embirro com o teu sorriso malandro.
Embirro com a suavidade dos teus cabelos.
Embirro com o teu perfume.
Embirro, embirro, embirro, pronto!
E é que embirro mesmo!
(Queres ir jantar comigo um dia destes, para embirrar mais à vontade?)

as velas ardem ate ao fim disse...

Sem ser parecido mas pelo tema e pelas cores fizeste me lembrar esse quadro magnifico e belo, para mim, que está no prado...''O jardim das delicias" Bosh.

bjos