domingo, maio 27, 2007



...oh, Mrs.Dalloway always giving parties to cover the silence...

_____________________________

16 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

"curiosamente ontem andei pelo YouTube à procura de um discurso do Osho. encontrei vários. interessantes. magnéticos. límpidos. como essas águas que aqui tens. cheia de peixes a acompanharem as tuas palavras e essa paz que vais transmitindo quando sorris." dizias...


______________pois.

mas o sorriso gastou.se.


partiu.se.


não resistiu às urbanizações...imperiais desígnios.


tem um excelente dia.

___________________com este vídeo.

a acompanhar o "fechamento" de todos os silêncios.

_____________________.

por aqui sempre boas escolhas.

Frioleiras disse...

gostei, mt , do video...

Quanto ao Peter Wispelway vi-o na Festa da Música no CCB, há anos, mas ele vem cá 5a e 6a, à Gulbenkian !

Ainda podes ir !!!

bj

F

triliti star disse...

a imensa coragem, escondida, de Pollock.

a solidão e o silêncio: terríveis, dizem.

eu por enquanto gosto.
vamos a ver...

hfm disse...

and some other voices!

teresamaremar disse...

Parties to cover the silence,
smiles to cover the silence,
work and words and songs to cover... the silence.


Beijo de bom domingo

A.S. disse...

Acho que já te disse que tens muito bom gosto!

Um Beijo...

intruso disse...

[é também por isso que não gosto de festas,
receio-as como quem teme a mentira ou a ilusão...]


beijo

Frioleiras disse...

Bandida... gostava de sabe a tua opinião sobre o que pus sobre o Columbano Bordalo Pinheiro, donde acabei de ir.
Bj
F.

jorge vicente disse...

não há silêncio que esconda a tremenda verdade do cinema

e do amor
e do poema

um abraço
jorge

Arion disse...

Nem preciso de dizer nada, pois não? Beijo!

Lis disse...

As Horas...melhor ainda em livro.

Mas ocupar-se do outro para não se lembrar de si é uma fuga inglória porque um dia, inevitavelmente, o outro vai, cura-se, desiste, e nós ficamos, adoecemos, continuamos...até um dia.

Clara Hall disse...

Sabe-se lá qual o tom da cor que, tantas vezes, tinge os silêncios disfarçados no barulho das luzes, das flores, dos sorrisos e das gargalhadas, dos gestos discretos.

Gostei muito da tua escolha para hoje B.
Uma boa noite.
:)
Bjs.

A. disse...

"...to look life in the face, always to look life in the face and to know it for what it is. At last, to know it, to love it, for what it is and then to put it away.

Always the years between... always the years, always the love.


...always the hours."







_____________________________...

A. disse...

...para ti, B.











lá.

as velas ardem ate ao fim disse...

Um dos filmes da minha vida.
De mulheres para mulheres, simplesmente.

blue disse...

magnífico, o livro da v. Woolf. o filme, as horas, também (já não gostei tanto deste como livro).
:)