sexta-feira, julho 06, 2007




... and nothing else matters...

_____________________________




18 comentários:

Efemerum disse...

desde que algo importe...

...vamos tendo motivo para sorrir.

isso sim fundamental.

um beijo

Ana Paula disse...

Muito bonito, Bandida!
A música é a única linguagem que pode dizer o indizível! E nada mais importa... :)
Beijos

C. disse...

Querida Bandida,

passei pelas notas infinitas, palavras escritas em crescendo ff de esfarrapar vozes e acordes, ruídos de fundo que não combinam, de todo, com os passos exímios de Al Pacino nem com o previsível aroma doce do perfume de mulher. demorei-me na saudade da letra e da fascinação da bela voz de Elis, rainha da música. chegada aqui, nothing else matters. nothing else matters. só o teu talento para as palavras e para escolhas de tanto encanto.

um beijo.

:))

Moonlover disse...

Com esta escolha músical,
no próximo concerto dos Corvos
vou-te convidar
vais adorar de certeza :)
um beijo
moon

isabel victor disse...

Um beijo ...

Talentosa felina :))

e ... sardinhas SIM ! Quando ?

cm disse...

e com musica..um doce e feliz fim de semana

jorge vicente disse...

e como da neve se faz música

nothing else matters ... but what is inside

um beijo
jorge

Bárbara disse...

Bandida, das Lobas, a preferida :-)



Gostava de te fazer

um elogio à maneira;

ai de mim, não sei escrever

com'à Zfel Mentes, peixeira.

Peguei num cento de vírgulas,

dois pontos de interrogação,

juntei-lhes calmante em pílulas

e um grande travessão,

_________________________________

a servir de travesseiro,

mais algumas reticências

que rabisquei no cinzeiro

das cinzas das paciências.

Sobraram-me pontos e vírgulas

- que pontuação pindérica –

mais um ponto de exclamação

p’ra dizer «God Shave América!»

E ponto final parágrafo.

Esta história acaba aqui

sem apelo nem agravo

é hora de escrever FIM.

Post scriptum escreveria,

- mas abomino o P.S.-

para dizer que queria

mandar-te um beijinho, Yes!



esta kssassina Bárbora, a que nunca foi cativa...

hfm disse...

imagem de som ou som de imagem?

Arion disse...

:))) Lindo! Como tu!

♥≈Nღdir≈♥ disse...

ღღ OLÁ! ღღ
  *.*´¨) ღღ
   ღღ ¸..´¸..*´¨)*´¨)
  ¸.•´¸.•*´¨) ღ ¸.•*¨)
  (¸.•´ ღღ (¸.•` ღღ Bom fim de Semana* ღღ
       ¸.•*¨)             
    (¸.•´ ღ (¸.•*´¨¨*Beijos*´¨¨*•.¸ღ .•*¨)
                     (¸.•´
•.¸.♥`“•.¸♥≈Nღdir≈♥ ¸.•“´♥.¸.•

Frioleiras disse...

O que eu gostei da "Romaria"...
foi uma das canções da minha vida ...

intruso disse...

"so close, no matter how far"
...
é uma bela canção...


beijo

eu disse...

...and nothing else matters..., errado.
...and nothing matters..., correcto...


D. Galinha (muio estúpida, mas muito vivida).

eu disse...

ps - já não passava por aqui há um tempinho, mas é sempre muito compensador.


D. Galinha

António Pires disse...

Bandida:

Coincidência curiosa: no mesmo dia deste post estive a falar com duas cantoras finlandesas, ambas professoras na Academia Sibelius e como esta respeitada escola continua a fechar as portas ao rock (quando tem escolas de música erudita, tradicional e jazz) e de como os Apocalyptica se rebelaram contra isso...

Beijo B.

A.

Lis disse...

Apesar da beleza prefiro o original.

merdinhas disse...

Fui passando, com pressa, para ver
esse "you"...
eu volto com mais calma.