segunda-feira, maio 03, 2010



número 2 da INÚTIL, já disponível em:




- CE LIVRARIAS antiga Buchholz , R. Duque de Palmela, 4, Lisboa

- CE LIVRARIAS, Rua Ferreira Borges, 77-79, Coimbra
...
- CARPE DIEM Livraria/Galeria, Rua de O Século, 79, Lisboa

- CASA RUIM,
R. Alm. Gago Coutinho, 4 B-C, Torres Vedras

- INTENSIDEZ Bibliocafé, R. do Escrivão da Câmara, 10, Évora

- IN-UTEIS, Loja do Museu Berardo, C. C. Belém, Lisboa

- LER DEVAGAR, LX Factory, Lisboa

- Livraria BARATA, Av. de Roma, 11-A, Lisboa

- Livraria GATO VADIO,
R. do Rosário, 281, Porto

- Livraria LETRA LIVRE,
Cç. do Combro, 139, Lisboa

- Livraria PÓ dos LIVROS,
Av. Marquês de Tomar, 89, Lisboa

- Livraria POETRIA,
R. das Oliveiras, 72, Porto

- Livraria TEATRO NACIONAL D. MARIA II, Lisboa

- LIVROS da RIA FORMOSA,
Rua D. Vasco da Gama, Lagos

- TEATRO NACIONAL de S. CARLOS, Lisboa

- TRAMA Livraria,
R. S.Filipe Nery, 25B, Lisboa


------

4 comentários:

rosa disse...

És um peixe.

Haddock disse...

..."peixe"??

a "opção" de ficarmos recuados do palco, prostrados lá para os confins da saída/entrada da ce/buchholz — isto para não denunciarmos a vossa [da (ora inadejectivável) trindade] mais profunda deselegância em não nos terem reservado lugar sentado... —, "opção" também determinada pela necessidade de acesso intermitente a espaço de fumadores e de escape a declamadores, fez com que não ouvíssemos praticamente peva!!
por isso, só nos resta especular se a galhofa aqui retratada teve inusitado motivo piscícola e se a rosa teve direito a assento... (o que seria escandaloso!)

ainda assim, e para provar que não estamos nem um pouco ressabiados com essa hipótese provável, aquele ruidoso bocejo a meio do "zeca" do sasseti que ela deu, não foi ela, fomos nós!!

de resto, abstraindo de todas as desconsiderações protocolares, disseram-nos — gente de confiança que aguentou estoicamente tudinho! — que foi "excelente"!!


a nossa magnânime complacência torna mais fácil, cremos, a razão por que não comprámos a #2 "inútil".
não obstante, folheámos e lemos obliquamente uma de empréstimo e até concluímos, sem benevolência, que supera, com evidência, a #1!!


sabido que é que o próximo número é dedicado ao "medo", estamos ao vosso dispor para sugerir fóbicos de eleição como colaboradores.
até nos ofereceríamos para uns versinhos, mas a fobia da exposição associada à modéstia impede-nos...


saudações cordiais, ligeiramente amuadas...

alice disse...

eu quero uma :) aguardo data e local de novo lançamento. beijinhos!

observatory disse...

setubal coimbra batalha porto braga viana tui chaves bragança amarante aveiro... etc etc etc

ainda falta.