domingo, outubro 08, 2006

Entre medos...


..." o medo mata, quer matar. O medo é destrutivo; o amor é uma energia criativa.Quando ama apetece-lhe criar - talvez queira cantar uma canção, ou pintar, ou escrever poesia, mas não vai querer pegar numa baioneta ou numa bomba atómica para ir a correr como um louco matar pessoas que lhe são absolutamente desconhecidas, que não fizeram nada, que são tão desconhecidas para si como você para elas.
O mundo só abandonará as guerras quando o amor entrar novamente no mundo. Os políticos não querem que ame, a sociedade não quer que ame, a família não deixa que ame. Todos eles querem controlar a energia do seu amor porque ela é a única energia que existe. É por isso que existe o medo.
Se me compreender, abandone todos os medos e ame mais - e ame incondicionalmente. Não pense que está a fazer alguma coisa pelo outro quando ama; está a fazer alguma coisa por si próprio. Quando ama isso é benéfico para si. Portanto, não fique à espera; não diga que amará quando os outros amarem - a questão não é, de maneira nenhuma, essa.
Seja egoísta. Ame as pessoas - sentir-se-á realizado através desse amor, obterá cada vez mais bençãos através desse amor.
E quando o amor for mais profundo, o medo desaparecerá; o amor é a luz, o medo é a escuridão."...

Osho

21 comentários:

Calca-mar disse...

Eu conheço um mocinho que, a menos que mude muito e se liberte, até de si próprio, não verá a luz tão cedo... Beijo!

AS disse...

Muito pior que o medo, é o medo de ter medo!...

O teu texto é lindissimo...

Beijos...

Diogo Ribeiro disse...

Texto positivo... Mas o amor também ele pode ser escuridão, a escuridão pressentida no seu fim, mesmo que esse ainda não tenha chegado.

Bandida disse...

calca-mares:Quando menos esperares tiras as vendas e...verás...
Beijo!

frog: O texto não é meu, é do Osho.
Obrigada pela visita!

diogo ribeiro: Achas?!...

.*.Magia.*. disse...

Gosto muito das teorias do Osho...dos livros dele! gostei deste trecho...!

Quanto ao encantamento...cuidado comigo ;) eheheheh

.*.Magia.*. disse...

Ah...Voltei para dizer que gostei do teu nick...

Bandida, soa-me bem ;) Talvez também sejas procurada...!

Wanted????

pintoribeiro disse...

Pois. Talvez. Boa semana, abraços.

Mar da Lua disse...

Já tinha saudades, uma mulher "balda-se" 3 ou 4 dias e a proliferação de posts é notável! Bandida...sem medos! O único medo possivel é aquele que temos de nós mesmos!

Barão da Tróia II disse...

Bela foto. Parabéns pelo blog e boa semana

Diogo Ribeiro disse...

"achas?"

Olha que sim....

http://despojos-do-dia.blogspot.com/2006/09/morte-de-um-paroxismo.html

Pelo menos é o que sinto.

doistons disse...

O amor é a força motriz que rege a vida. De que vale ela sem o amor? Eu Amo.Amo profundamente a VIDA.

PAULO SANTOS disse...

O medo é parte do genoma humano!
è o medo que nos torna aventureiros na busca inacessante de o combater-mos e de o dissecar-mos!
O amor....Bom.... O amor é outra historia!!!!

Um beijo

Paulo.

-----
P.s.

vi teu nick e achei-lhe graça...(parece que não fui o unico...)vim espreitar-te!!!
Fica aqui um convite para uma visita a meu espaço! ;)

Bandida disse...

magia: O Osho é um mestre!
Obrigada pela visita!

pintoribeiro: Obrigada! Boa semana tb para ti!

mar da lua: Ora, nem mais... :)

barão da troia : Obrigada! Volta sempre!

diogo ribeiro: Pois, percebo mas, para além de tudo, está muito bem escrito, descrito, sentido. Um abraço!

doistons: Isso é fundamental!...:)
Obrigada pela visita!

paulo santos: Pois, o amor é a história...
Obrigada pela visita!

PAULO SANTOS disse...

magia é o adjectivoi que "linko" a Piazzola!!!
Beijo.
retribu-o a visita!

VEM SONHAR COMIGO disse...

Obrigada pela tua visita.Texto simples como a profundidade do medo.
Medo?...
Nem das corujas que piam durante o voo picado.

bjd
d

karvoeiro disse...

pois é bonito... mas e todos akeles ke mataram por amor?

AS disse...

"E quando o amor for mais profundo, o medo desaparecerá; o amor é a luz, o medo é a escuridão."...

Sublinho esta frase final, mas revejo-me a aplaudo todo o texto!...

Beijos...

linhas tortas disse...

Bonito sem dúvida. Mas como dar a ver a luz a quem só conhece a escuridão e não quer ver outra coisa senão isso? Há quem seja incapaz de amar porque nunca foi amado e não tem referências do Amor.
Deve haver uma saída.
Boa noite

carpe diem disse...

O Osho era um grande poeta do Amor...
Um beijo de uma nova visita...

carpe diem disse...

E em relação ao Piazzolla...
E Gidon Kremer a interpretar Piazzolla?

Já ouviste?
Não percas...

http://www.amazon.com/dp/B000005J48?tag=kremeratabalt-20&camp=15309&creative=331477&linkCode=st1&creativeASIN=B000005J48&adid=1ZF87WH65XRPF4QPSDFZ&

Bandida disse...

paulo santos: É mesmo!

vem sonhar comigo: Vamos esperar que desapareça o medo!...

karvoeiro: assar um frango e beber vinho tinto para comemorar o amor! O frango há-de haver alguém que mate...

frog: ainda bem que gostaste, ele merece ser gostado!

linhas tortas: A saída deve estar ao fundo do túnel, não?!

carpe diem: Era mesmo e perdura! Vou "espreitar" essa versão do Piazzolla, não conheço...