domingo, dezembro 03, 2006

Sempre




os dedos na partitura do sonho.

mata

a

saudade.


nós
de inquietantes cordas.

despe o momento e sopra para longe
a dúvida.

sempre. sempre. sempre.

38 comentários:

Diva disse...

Bandida,
sonhar com aqueles que desejo, mas que não tenho, a mim, provoca-me sempre um amargo de boca...

Lantejoula para si

Anónimo disse...

Sempre!

Anónimo disse...

Vidro fininho.

AS disse...

A própria vida é uma luta permanente contra a dúvida!
Nós de inquietantes cordas que prendem a saudade que apenas se liberta nas partituras do sonho!


Um beijo...

Anónimo disse...

Dez dedos
De quem nada
Sabe de música.
Deslocando-se
Ao acaso
Pelas teclas
De um
piano

mfc disse...

A música sempre foi uma panaceia...porque não também um placebo!

Su disse...

sempre........
jocas maradas de sons na ponta dos dedos

Frioleiras disse...

Piano......adoro... Fui à Gulbenk, 5a feira, ver o Brendel... a magi absoluta !!!
Adoro !

nnannarella disse...

________________

deixei o sonho para aqui; mas antes, a minha chapelada para o comentário de mfc. ah ah - está muito boa. fez-me rir... e então... segundo dizem os entendidos, rejuvenesceu-me a cútis, destressou-me as carótidas e etc & tal.

é assim: o aluguer de sonhos é a parte mais triste do teu filme anterior. alugar é horrível. mercenário. básico. burocrático. dá imenso trabalho.

como ando com os sonos trocados, se calhar volto. até já.

Mendes Ferreira disse...

só posso escrever:




______________B E L O!

_________Belíssimo.



_____reencontro.___________me.



boa noite Band.

Pilantra disse...

sim, irremediavelmente.

Beijo

lampâda mervelha disse...

Sempre, mesmo na surdez de sentir.

merdinhas disse...

como?

Y. disse...

sempre?


_________


é um perigo.


___________até amanhã....se for.

Y. disse...

duelo!!!!!!!!!


e sabes que mais vou roubar-te este teclado.


prontoS.


e beijos.

Lauro António disse...

Bandida: uma visita de retribuição, para redescobrir o teu mundo. Um beijo, e obrigado pelas visitas ao café. LA

linhas tortas disse...

a dúvida encontra-me sempre.

Boa semana

intruso disse...

e a duvida aqui ao lado...
...não voa, não sai,
volta...

sempre

Bandida disse...

a saudade mata.


sempre. tudo.




____________________________

Pedro Branco disse...

"Fica comigo", dizia-lhe a canção de amor. "Sempre. Sempre. Sempre.", sussurou-lhe ela, junto ao teclado. "E agora?", a pergunta fez sentido. "Agora, já podes olhar para mim...", a resposta foi surpreendente.

Talvez nesse momento ambos perceberam que havia palavras a mais...
-
-
-
-
-
-
-
-
-

Beijo

Secreta disse...

Saudade ...
Dúvida ...
Sempre.
Sempre.
Sempre.
...
Beijito.

Anónimo disse...

Soprar para longe a dúvida... e é possível? Saudade rima com distância, distância rima com dúvida... não? **

pintoribeiro disse...

Pois. Sempre. Abraço.

M5Sol disse...

"Os dedos na partitura do sonho" ... comandam a vida.
As dúvidas fazem parte da vida.
Sempre!
Sempre!
Sempre!

Mendes Ferreira disse...

a saudade mata....


perfeito.


beijos.

Pierrot disse...

Sempre e Nunca, tão proximos que eles estão, tal como o Yeng e o Yang, e no entanto, tão dispares.
Bjos daqui
Gostei do post
Eugénio

Teresa Durães disse...

este era o sonho de baixo?

(e o alçapão, não havia?)

leio o próximo post e fico à espera do próximo episódio....

Narizinha disse...

A saudade nem sempre mata...
Prolonga...
Bjs
:o)

nnannarella disse...

__________________

bom dia.
à noite, boas foram as tuas inquietantes cordas a preencher lacunas...:)
obrigada.


sempre ? - advérbio de tempo. nome abstracto. palavra grave...
nada.

Mendes Ferreira disse...

hum...........olá!


__________



beijo------------------s.

Anónimo disse...

Excelente este teu concerto, boa semana.

Plum disse...

sempre, sempre, sempre...o sonho!*

Maria Ostra disse...

Sopra para longe a dúvida...
Já soprei. :)

Licínia Quitério disse...

a saudade
não mata.

seca
a
saudade.



Beijos.

as velas ardem ate ao fim disse...

Sonhar sempre!

Adorei a musica que criaste.

Bjinhos

a rasar o ceu disse...

repetidamente....


repito....

re.digo.


....obrigada....:))))

Josefa Pacheca Pereira disse...

Teclas e saloons a lembrar o Texas e o Wayne. Nos duelos ganhava sempre o herói, não era?

Lammazze disse...

Sonha, sonha, sonha.
Grande foto!
Até!