sábado, dezembro 23, 2006




um lado



nenhum




dos mares azuis
as marés vivas.
a pedra da memória.

instantes.

e as mãos no azul escuro
da dor.









.

10 comentários:

Bandida disse...

são azuis os lados nenhuns.
ainda.

maria josé quintela disse...

ainda... bem!

Y. disse...

e nenhum lado será o outro lado....


__________________

obrigada.



beijo. deste lado do mundo.

pn disse...

m ares
m arés
m e m ória
m ãos

m are
m agnu m

m ágo(u)a?

Y. disse...

bom dia!!!!!!!!!!!!!!!!!!

(faz favor de saltar desse lado nenhum....)

o sol anda por aí...


________________

isso.

um sorriso.


apaziguador.


"fixe"?????


beijo.

Pedro Branco disse...

De que lado existimos? Qual a cor desse lado? E deste? O que é ser tudo? E ser nenhum?

Não percebo de lados. Nem sequer sou pintor. Mas talvez sinta que as palavras que nos unem nos fazem sorrir e sonhar e pintar e correr e...

Uma pergunta antiga, de novo. Para ti:

"Não se pense que é de sede o desejo de num só momento ter o mundo todo num só beijo...

Porquê "Bandida" se tudo é tão cristalino por aqui?"

Um feliz Natal.

St. J. disse...

Vale a pena acreditar. Que do outro lado do mar. Está quem olha para cá. Com um sorriso.

Bom Natal

Mendes Ferreira disse...

viu?????????????


_______________

que há quem acredite este lado?


_____________


beijo.


a sorrir.

Presença disse...

Na escuridão do azul escuro encontra-se o azul celeste do horizonte...

Gostei de cantinho "azul"...

Um Feliz Natal

inBluesY disse...

eu acredito nos azuis ...