quarta-feira, maio 02, 2007






...

Diz-se que só na morte
o cisne canta

Mas é preciso organizar o vento
de forma a que o seu passo
seja mais azul

Peço ao vento algum som,
alguma imagem
que seja tão brilhante e deslumbrada
como estas que estão aqui à minha frente

...

____________________________________

Ana Luísa Amaral, A Génese do Amor
_____________________________________

pintura daqui

26 comentários:

D. Maria e o Coelhinho disse...

Há quem não goste do Vento,
o vento é transparente
o vento é envolvente
o vento também desanuvia
o vento é Vida !

António Pires disse...

Obrigado por este post e por este vídeo que agrupa muitas das geniais fotografias de Man Ray!! E, aos 48 segundos... lá está a mulher-violoncelo (ou o violoncelo-mulher). Estou a gostar muito desta sequência de posts!!

M João disse...

... pergunto ao vento que passa, notícias do meu país e o vento cala a desgraça. O vento nada me diz."

(eu não devia acordar cedo... depois dá nisto eheheh)

Mas eu digo-te: Um grande BOM DIA :)))))))

Obrigada

Um beijo

alice disse...

bom dia, querida bandida. ontem, no momento em que vinha deleitar-me com o seu espaço, depois de uma pausa de um feriado em que não vim à net, fiquei sem ligação e dormi mal de noite. é por isso que esta manhã resplandesce e passo aqui o tempo que a minha pele necessita para absorver o encanto. não se zangue se eu lhe gastar o blog. um grande beijinho. muito obrigada.

Ana Paula disse...

Olá, Bandida! Uma pintura fabulosa e o Man Ray aquele artista maravilhoso que tanto homenageou a mulher...
Um bonito post (poesia incluída).
Beijinhos da Ana Paula

Lis disse...

Ana Luísa Amaral será um dia muito conhecida em Portugal. Um dia.

Gi disse...

Belíssima a conjugação das imagens, som e palavras. Não conheço nada da Ana Luísa Amaral, tenho que ir saber mais a respeito depois de me livrar da dezena de livros que tenho aqui ao lado a implorarem-me que lhes pegue. daqui a 2 semanas estou liberta :)

Man Ray conheço bem, vou ver se arranjo um link de um fotógrafo russo que tenta reproduzir estas belezas do passado . Pus no antigo blog mas não me lembro do nome. Depois ponho aqui para ti.

beijos

isabel mendes ferreira disse...

tenho que te agradecer a descoberta da Pintora.



________________________

que já não é promessa. antes certeza.


________________________


tudo belo. aqui.


_______________________

beijo de B de bandida.

isabel mendes ferreira disse...

confessa:


escolheste esta pintura por ser tão azul....como os teus olhos...:))))))).



_______________tá bem. concordo. é belíssima. a pintura...:)))))))))).


beijo.

P.S. e acho um horror esta coisa dos comentários para depois...

que coisa...

S. disse...

Olá Bandidissima!!!
Adoro esta pintura... vou já explorar...

(vem participar no meu cadáver esquisito... fazem falta as tuas palavras!)
Bjs

P.S. Quem ler este comment... pode tb vir participar. As visitas no Bandida são diferentes das minhas, escrevem de uma forma diferente... o meu blog está aberto a todos, quanto mais diferentes forem os participantes mais interessante se tornará...

hfm disse...

Mais um belíssimo poema de Ana Luísa Amaral.

Teresa David disse...

a multiplicidade de talento neste post deixa-me boquiaberta. Tanto a imagem, como o video, a par das palavras são um deslumbramento para as nossas sensações mais profundas.
Bjs
TD

as velas ardem ate ao fim disse...

Apetece me deixar esta musica que ouvi na Marginal...e que gosto muito.

Am I blue
Am I blue
Ain't these tears in my eyes telling you
Am I blue
You would be too
If each plan with your man just fell through

Was a time I was his only one
Now I'm the sad and lonely one
Was I gay
Till today
Now he's gone and we're through
Am I blue

Was a time I was the only one
Now I'm the sad and lonely one
Was I gay
Till today
Now he's gone and we're through
Am I blue
Am I blue
Am I blue
(Linda Ronstadt - Am I Blue )

Bjo B

raul disse...

Man Ray, um mestre "vanguardista" da fotografia!....excelente.


bjo.

-pirata-vermelho- disse...

Esta filmagem e esta música,ambas populares e belas; com algum refinamente e referências de natureza estética lembraum aspecto comezinho, não sei se dispiciendo -as mulheres não eram rapadas até à pouco tempo.


A natureza infantilizante da dominação de massas passa pela assexualidade ou pela distorção?

-pirata-vermelho- disse...

(obrigado pelo clip, bandida)

Clara Hall disse...

Olá Bandida

Linda esta composição em azul profundo...

boa noite, Safira.

D. Maria e o Coelhinho disse...

Beijinhos da
D. Maria
e também
do Coelhinho.





D. Maria

intruso disse...

[mas o vento e bom bailador...
e foge
e leva as coisas à minha frente...
e leva-me]

:)

Beijo
Bom fim-de-semana,,,,,,,,,,,,,,,,,,

isabel mendes ferreira disse...

abençoada beleza.



de Man Ray.


vou. de alma cheia.


beijos B.

check availability disse...

Cantam?

Gostei


(((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((((de


tudo, bandida??????


Bom fim de semana

triliti star disse...

belíssimo pot: belíssimos poema e imagem.

isabel victor disse...

Voltei para rever o video

Para te rever ... queridíssima loba " bandida "

e, a propósito de Man Ray, encontrei estes caminhos no regaço do vento ...


http://www.manraytrust.com/

"this site provides visitors with the opportunity to explore the life and work of Man Ray.

The Man Ray Trust was established by Juliet Man Ray, wife to Man Ray to foster worldwide recognition of the 20th Century artist Man Ray: avant garde painter, photographer, sculptor / object maker, illustrator, film maker, inventor, philospher, Dadaist and Surrealist."

...

manhã disse...

a composição da música com as imagens do man ray é poderosa!bom domingo!

mnemosyne disse...

Boreal o azul
Volúvel a luz
Num céu degradê
De volátil anil

Imagem, video, palavras...combinação perfeita.
um beijo

Letras de Babel disse...

eu peço ao que ou a quem quer que seja, algo que ainda me deslumbre.



como coisas assim.


o vídeo é lindo. o som é um transporte que, afinal, não se perdeu.

_______________

beijos