segunda-feira, agosto 27, 2007





escapa-me a ideia da corda. o dedo apontado ao gemido da farpa.
matéria de segredo.
visívelmente cru. absolutamente nu.

surdo. surdo. completamente surdo.

_______________________





20 comentários:

Pedro Branco disse...

Repentinamente meus olhos deram lugar aos ouvidos. Foi então que vi...

take.it.isa disse...

ouve.
as palavras substituem o gemido. aquele. as farpas.

C. disse...

sem capacidade de audição, mas nunca ausência de intuição. partida inspirada de um vazio, ponto 0, do nada, viagem tortuosa pela estrada do silêncio. chegada ao cume da música que cala gemidos e abana os sentidos.
uma surda e profunda teoria de contrários.aqui.

um bom dia, Bandida.

as velas ardem ate ao fim disse...

Lindo de morrer!arrepiada!

bJINHOS

Anónimo disse...

confesso que há muitos textos que aqui colocas e que não me tocam particularmente; alguns até me irritam :-) mea culpa, eu sei; ignorância minha pela qual me penitencio...
Confesso que gosto deste e do dos lobos náufragos.(talvez por me ter sido mais fácil encontrar neles uma linha de sentido, sentido; é que eu sou um pouco «lerda»)
fico à espreita de mais, destes.
continuação de uma boa semana
A PECADORA

inominável disse...

um memorável surdo... ou que ouvia melhor no silêncio, se quiseremos...

hfm disse...

nunca surdo aos acordes que habitavam o seu interior.

O Profeta disse...

Desprendem-se gotas do azul na água
O tempo continuará a existir
Ávida terra de assombro
Vacilantes passos no partir

Boa semana

Profético beijo

Efemerum disse...

intenso-brutal-delicado-vital


magnífica escolha a tua.


o beijo

António Pires disse...

Sublime!

Beijo B.

A.

herético disse...

de uma beleza "abissal". como um poeta cego!...

Mar Arável disse...

Como água na boca dos amantes

absolutamente nua

Letras de Babel disse...

h� uma lei que um deus qualquer escreveu - e depois escondeu (para nos deslumbrarmos sem saber do fim) - que diz que o g�nio de quem o tem se revela quando ningu�m espera...



[penso nos exemplos e acredito no divino e em leis ocultas...]


belo, o post.
e nos teus dedos a corda do violoncelo.



beijos

cm disse...

...de olhos fechados tamb�m se olha a vida...


um abra�o

teresamaremar disse...

Chegada a surdez, em que direcção cartografaria ele os sonhos?


Belo post

Beijo.

Teresa Duraes disse...

Copying Beethoven, o filme. Penso que ilustra bem quem era.

Não foi sempre surdo, o que lhe dá a vantagem da memória e associação entre o movimento e a melodia.

Mas genial, sem dúvida.

Bom fim-de-semana

Ana Paula disse...

O grande Beethoven! A soberba 9ª! E pensar que a compôs praticamente surdo...
Adorei este teu post (grandioso)!
Beijinhos, Bandida! :)

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Chegou ao fim mais uma semana marcada pelo cansaço e pela ausência na net…
Sinto saudades dos espaços que normalmente visito e das pessoas
Hoje uma breve passagem apenas para desejar um bom fim de semana
Beijinhos

Frioleiras disse...

Ouvi-O muito recentemente no Fest. d Salzburg . Mariss Jansons e a Orquestra Sinfónica da Radio da Bavieira, sendo um dos solistas o baixo Thomas Quasthoff ...

Perfeito delírio !!!

Ontem ouvi na rádio a mesma interpretação da 9a. , pela mesma orquestra e maestro mas sem o T. Quasthoff, na emissão dos Concertos Promenade.
Ao fim da tarde , na antena 2, a não perder! Durante estes dias.

Um beijo
cheio de música
SEMPRE !

F.

Aldina Duarte disse...

Quando aprendermos a ouvir por dentro seremos todos uma "espécie" de músicos... e mais intelengentemente sensíveis, certamente!

Até sempre