quarta-feira, dezembro 19, 2007


















dormes.

enquanto o vento

desembrulha a tempestade.






»»»»»»



24 comentários:

Méon disse...

Imagens e palavras muito fortes!
Passar por aqui é uma experiência forte.
Obrigado!!

merdinhas disse...

Words and Srings
(às vezes são-no. )

Haddock disse...

(solilóquio?)

não faço a mínima ideia do que vou dizer...
não digas nada!
pois, talvez seja mais eloquente, assim.



ps: adorámos!!
(não resitimos...)

isabel mendes ferreira disse...

vim agora do acordar do sono.


sonolenta regresso. para reacordar.


o caminho ficou de "maravilhas"....



e


boa noite.

isabel victor disse...

Que coisa linda ...

aqui banal é, só mesmo, o meu comentário. Mas ... sugaste-me as palavras.

e ... esta conversa toda só para ficar ____________________________ a ouvir a música.

b*bandida

hfm disse...

e como desembrulhou a tempestade encontrei aqui a paz do descanso.

alice disse...

esta fotografia bateu-me fundo nos olhos. um beijinho, B.

jorge vicente disse...

ofélia dorme enquanto hamlet desembrulha o rosto. e youkali acorda da utopia de uma terra nova.

dorme. acorda. e renasce na voz serena de uma mariposa.

um abraço
jorge

canela disse...

tempestades? de sono... tenho algumas... deixem-me dormir regalada num bom regaço...
Beijo meu...para Ti Bandida

blue disse...

três linhas, sete palavras.
hoje dizem tudo.


(os tristes trópicos. um livro espantoso.)

herético disse...

sono "espertalhão" - com um olho aberto...

rato do campo disse...

Belíssimo, e não sei mais que dizer!

M.M disse...

Olá R.
...A correr, muito a correr, apenas dizer que a composição deste post está linda, a começar pela música. Boas escolhas. Sempre.
E já agora, aproveitar para te desejar um Feliz Natal e um espectacular ano de 2008.
Tudo de bom. :))

Gi disse...

desembrulha a tempestade feita

som
compasso
música
ritmo
tango
vai-se o sono mas fica
o embalo
o sonho
..................acordado


bons sonhos bandida.
eu levo o embalo
mas deixo um beijo

alice disse...

querida B. servem estas palavras para pouco mais do que nada. venho gratamente abraçá-la e desejar-lhe um santo natal. um beijinho e até breve.

merdinhas disse...

The Junky's Christmas

Ana Paula disse...

Lindo, Bandida! Sono é comigo! :):) Sou uma grande dorminhoca. Perdoa a banalidade perante esta tua composição que encontro em tom Maior!
Beijos!!

P.S. - Amanhã (hoje) é 22!

art&tal disse...

belo tango

weill natalicio?

bettips disse...

Parece um pesadelo, o sono.
Acordamos, pensamos. Un autre pays.
Ao menos.
Bjs

Mar Arável disse...

O amor também se conquista

nas janeiras

bjs

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

Presença disse...

Deixo-te um bjo grande
.
.
.
de um bom Natal e Feliz Ano Novo.

bjo doce

Sony Hari disse...

Aqui estou eu para o comentário, longe da periquita e dos seus efeitos :)
Que o vento cumpra com sucesso a sua tarefa e que esta noite traga sonos bons para todos!
Beijos, Bandida.
Feliz Natal!!

Teresa Durães disse...

porquê em época natalícia certas situações de vida são relembrada e nos restantes 355 dias esquecidas?

beijos