sexta-feira, agosto 08, 2008


























o sonho é mais cidade se for de pedra. é mais bálsamo se for de pele.











23 comentários:

Alyne disse...

Sublime.
A exclamação afectuosa repentina, o passar do momento no meio do planar vago, o afago da curva metálica em vez do corpo, o grito mudo entre dois pára-choques, a montra da vida bizarra,...
obrigado pela jóia

bj

pn disse...

bom dia,
que cavaleiro ardente, andante te despertou?

o sonho e a cidade
o sonho e o bálsamo
o mais se for
a pedra e a pele

e que epigrafaremos?

se o sonho for de pedra é a Serra da Nave
se o sonho for de pele é um dia húmido

(a equidistância da saudade da palavra)

maria josé quintela disse...

e é mais sonho se for de espuma...









_______.

isabel victor disse...

"... é mais bálsamo se for de pele"


...

:))

iv*

e-ko disse...

na pele dos sonhos de pedra
na pedra do tempo um ascensor para o pesadelo

os primeiros dois terços do fime são um deslumbramento, depois...

Haddock disse...

estética do absurdo... perfeito!!
as coisas nem sempre correm como se pretende, nem que seja por culpa de um elevador...
miles no seu melhor!

e, para aliviar do filme noir, um filme idiot!

Claudia Sousa Dias disse...

A dor profunda de se sentir em segundo plano...o desamor, o vazio...está lá tudo!

No olhar, duro parado, fixo num qualquer ponto de fuga...

No queixo levantado, no andar aparentemente errante...

Perfeita interpretação.

CSD

hfm disse...

na pele e na cidade.

tolilo disse...

vou de férias com a minha tia Lígia!

Chuac -!
e
até breve !!!!

Ana Paula disse...

Da cidade de pedra. Miles Davis e este bálsamo que é a música.

É bom reencontrar-te!

Bj! :)

Graça Pires disse...

E é mais água se for de sede...

Luís Galego disse...

o sonho também é mais verdade quando passo por aqui...

Presença disse...

Ambar de pedra, de pele...
.
.
.
dormito

bjo
obrigada pela volta

Mar Arável disse...

e talvez seja

de olhos fechados

o que quisermos ver

Anónimo disse...

E será a cidade mais sonho se for de bálsamo?

Gostei da composição.

beijinho,

Lis

observatory disse...

a este quase matei de tanto ouvir.

lindas as mamas das mulheres que dormem de peito ao Ceu

bjº

anad disse...

Belas fotografias. Gosto muito de fotos a preto e branco. Têm leitura entre as sombras, muito mais do que as de cor.
Anad

manhã disse...

muito bonito!

manhã disse...

muito bonito!

St. J. disse...

Pois é! Quando se corta o trânsito da avenida afiambrado entre pensamentos, ignoramos alguns bálsamos e passa-nos ao lado toda a pedra.

Há noites assim

Espero que os próximos dias tenham muita cor, luz, água e som. Até pode ser do Rodrigo Leão.

Há saudades tuas.

Nunca mais te vi(mos) desde que te tornaste um best seller (consta...)

Se te der na gana, era engraçado tomarmos os três uns quantos dedos de conversa na próxima semana.
Sim?

Bj Inhs

Bandida disse...

querido st.j. stop reservada mesa há várias semanas stop faltaram os convidados stop nunca tocámos nas azeitonas stop vejam se chegam a tempo stop

beijo stop

jorge vicente disse...

o poema é mais lírio se for de corpo

o corpo mais verdadeiro se for de estrelas

um beijinho
jorge

Marta disse...

há sempre sonhos, enquanto houverem palavras! :)

beijinho grande e desejo muito sucesso com o livro (que já vou procurá-lo)