terça-feira, abril 17, 2007







Las horas se caen en el pozo
y se quedan dormidas para siempre.
Cada reloj que toca su campana
ya sabe lo que es y no se hace ilusiones.


Pablo Picasso

17 comentários:

M disse...

Há uns dias que as pressas me têm trazido aqui um pouco de raspão, guardando-me para um momento em que pudesse dar atenção. E a espera compensou! Que coisas boas, bandida! Música, palavras, imagens... um luxo! Um prazer.

S. disse...

Lindíssimo!!!!!!!!!!!!
Obrigada B.

26..ainda não sei.

Bj
S.

martim de gouveia e sousa disse...

assim o tempo, caindo... bjo.

isabel victor disse...

Eis que aqui chego e ...

contenho a respiração.

_________ leio ______ releio ___

fico.

belíssimo !

b*

isabel mendes ferreira disse...

nunca acaba....o dito.


veste-se o dia de cores e de gritos de imitações e de rituais...
e
recomeça-se....

do fim para o meio e de novo para o princípio...

_________________a eterna procura do infinito. e das arenas.

___________________
bom dia Bandida.

excelente composição.
entre o corpo e o carnaval.
_______________________
e Pablo Picasso.

......................

beijo.

sonia r. disse...

E morreu,o Picasso. Obrigada pelas visitas...
Bom dia.

manhã disse...

da música é a palavra boulevard que salta, o resto é desconhecido, mas gosto.

Francieli Rebelatto disse...

O relógio, as horas e nós!!! Como ser livre em meio a isso, como ser feliz, se somos assim tão presos, tão intensos, e tão humanos!!! Dormimos então, amanhã será um novo dia!!!

Beijos e cuide-se!!!

intruso disse...

ilusões...

intruso disse...

beijos!

:)

até 26...

Opintas/Bernardo disse...

Então aqui, o texto não percebi bem.
Uma boa tarde.

alice disse...

se eu não sober o tempo que me resta e quiser iludir-me sobre a bondade ainda à solta no mundo, o primeiro lugar onde venho procurar é aqui ;) um grande beijinho *

as velas ardem ate ao fim disse...

As vezes parece ser todos os dias...

Lindissimo.

bjinhos

Samartaime disse...

Nada que Almoçageme não cure!

herético disse...

"Cada reloj que toca su campana
ya sabe lo que es y no se hace ilusiones"

gosto do teu "universo" tranfiguração (subversão?). de sons. cores.e formas.

blackangel disse...

obrigado pelas visitas e pelas palavras
beijo

do

Anjo

Letras de Babel disse...

se as vidas se fazem de tempo contado

e vemos todas as horas a dançarem abraçadas

e já trocámos aqueles passos, vezes sem fim, com elas...




...então somos ilusão?