quarta-feira, janeiro 28, 2009

o ciclo do medo [3]





o medo tem um corpo de água espessa.

[podia bebê-lo]

[habituar-lhe o sexo]


boca onde todo o sinal se amacia.

onde todo o animal se abre.










/div>

30 comentários:

O'Sanji disse...

a(bo)canhado até ser saciado.
Beijo

Graça Pires disse...

A boca na água espessa. Sem medo.
Beijos.

ângela marques disse...

entro. leio devagar...

espero.

hfm disse...

"o medo tem um corpo de água espessa."

só assim já seria grande.

A disse...

O medo tem o corpo e a dimensão e o tamanho da nossa coragem.

nada se vale sem o seu oposto total.

Digo eu...

:)

Beijos

jorge vicente disse...

boca onde todo o animal se fere
e se lambe nas feridas abertas.

boca onde todo o sangue é vida
e onde o medo é qualidade de ser.

jorge vicente

merdinhas disse...

talvez tenha um corpo espesso mas não é límpido pela boca dentro?

Arion disse...

Quando nos apercebemos de habituar o medo ao sexo começa a pele a contrair-se... Grande beijo!

intruso disse...

onde todo o medo se diz.
onde todo o medo se abre, se torna corpo.


(não é fácil, o medo;
ousá-lo)
...por vezes
[digo eu]



belíssimo este ciclo!
:)


beijos,
muitos

intruso disse...

p.s.
"só deveríamos fazer o que nos dá na real gana"
bandida said


(suspiro)


:)
*

isabel victor disse...

cito "A", em total acordo:

" O medo tem o corpo e a dimensão e o tamanho da nossa coragem."


b. muito bom !



*** **
iv

Mar Arável disse...

Sem medo

pois claro

e fundo

Bjs

pinky disse...

o medo tolhe o viver, o existir em plenitude, xuta-o como um fantasma, vive plenamente! liveeeeeeeeeeee

Frioleiras disse...

o medo...

a prisão do verbo (?)...

Haddock disse...

e um dia apresentaram-lhe o susto e foram muito felizes...
tiveram lindos e brilhantes pânicos, que até hoje mantêm viva a história dos papás!!

isabel mendes ferreira disse...

oh............



Pin!!!!!!



.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Atrevo-me:
O medo podia bebê-lo
habitar-lhe o sexo

tem um animal que se amacia
quando o sinal da boca
espesso
se abre
num corpo de água.

Um beijo (irresístivel este atrevimento de jogar com as tuas palavras irresistíveis)

as velas ardem ate ao fim disse...

late of more
or less...
sometimes I prefer not to know revelations...

bjo B e BFS

Anónimo disse...

o medo, até os animais, os ditos irracionais, o sentem.
acredito que alguém, um cientista ou um alquimista, já perseguiram essa ideia, a do cheiro da medo, ou, o cheiro que exala quando um homem tem medo. Não deve ser aroma agradável de se suportar, mas oa cães quando o sentem em nós, avançam que nem bestas.Bestas?

A. disse...

'(...)o medo tem muitos olhos e até vê as coisas debaixo da terra, quanto mais lá em cima no céu(...)'
-Cervantes ("D. Quixote de la Mancha")

Lis disse...

Apetecia-me adulterar o verso de Pessoa e dizer: o medo é o nada que é tudo.

Beijinho

ana salomé disse...

foi tão bom ver-te, maria. mas eu estava meio desnorteada e com um profundo ataque de timidez. eh eh eh peço desculpa se parecia uma pateta que não sabia o que estava lá a fazer.

bom, quanto a este ciclo, parar seria imperdoável. fabuloso. *


beijo à mulher com os olhos mais bonitos dos últimos tempos*

audrey disse...

um beijo....... cheio de medo...

heretico disse...

assim mesmo. o medo - olhado nos olhos!

beijos

Ana Paula disse...

Até tenho medo de dizer que gostei muito desta tua forma de falares do medo :)

A imagem é um espectáculo!

Bjs

triliti star disse...

e o medo é também fogo. que a água não apaga.


um beijo

[A] disse...

aquela imagem arrepia-me de cada vez que abro o teu blogue.
...
a ideia da água espessa também.

[A] disse...

e ando a ouvir
The Rose Has Teeth In The Mouth Of A Beast- Matmos

[A] disse...

e sei que estás aí e digo-te:
- não tenhas medo. os teus olhos são maiores do que tudo.

margarida já muito desfolhada disse...

cresce na boca a espessa água

cesce o medo em nós?

a boca do corpo é a boca da alma ?