segunda-feira, dezembro 08, 2008


(pequeno passeio pelo lado distraído do infinito)

o vácuo recortou na boca a razão de ser absoluto o ponto onde o olhar aflige o cansaço. ali onde a sombra se liberta do gesto nunca a ilusão valerá tanto.









31 comentários:

Graça Pires disse...

Onde a sombra se liberta do gesto ficam palavras com um rumor inesperado.
Um beijo.

hfm disse...

Onde a sombra se liberta do gesto fica uma ténue réstea de luz.

intruso disse...

libertações brancas
do gesto e do silêncio.
(do aparente vazio)


muito bonito...........


(.....e a música)


:)

Ana Paula disse...

Por vezes, sabe bem desconectar :)

Belo passeio pelo "lado distraído do infinito"!

Um beijinho

EL HIPPIE VIEJO disse...

oscuridad... Luz
tinieblas.... LIBERTAD!


Querida Amiga!
Deseo que los días a venir te encuentren bien!!!

Muchos saludos pra você!!!

Besos

Adal

hn no índico disse...

a clavícula do medo está lá
enquanto quiméricos sussurros
libertam-nos
de efémeras assiduidades...

as velas ardem ate ao fim disse...

Sinto me na 2ª foto.

um bjo B

jorge vicente disse...

a ilusão nunca vale. o poema sim.

um grande abraço
jorge

Paulo T Pires disse...

fantasmagoricamente... incisivo...

Arion disse...

Dá outra perspectiva, sim senhora, um passeio desses! Beijo!

Paradoxos disse...

o vácuo necessita de uma forma que o expresse!

adorei!!

Edu

Haddock disse...

com que então a arejar a pevide lá para as bandas do infinito, bandida??
e logo essa, cujo "in" salta em queda livre no precipício do vácuo. é aí, dizem, que o olhar aflige o cansaço e a sombra...


alguém tem uma red bull que nos empreste??


(e tentamos adivinhar a utilidade higiénica daquela coisa escura poisada na borda da banheira...)

isabel mendes ferreira disse...

Vale. vale sim Pin.

vale o momento de sorver o lado bem atento da vida.

a mesma que te é ponto de chegada a cada instante em que sorris.


.


beijo.te.

Laura disse...

Fantástcias fotografias...

[A] disse...

from Bedtime Story - b

hn disse...

"Sinto me na 2ª foto! curti o sentir de as velas ardem até o fim. às vezes, por vezes é assim....

AnaMar (pseudónimo) disse...

A sombra liberta-se do gesto e é outra sombra doutro gesto...

Frioleiras disse...

sinto-me ...
na música,
nessa música...............


acima de tudo
.




(é o travão,
apenas,
nas autoestradas.

já que não há,
não tenho
florestas...............)

TCHI de Tchivinguiro disse...

Gostei muito. Tanto. Bastante.

É tudo o que sei dizer deste conjunto bem alinhado de dizer pelas palavras, música e imagens.

Tanto talento levas no teu adentro, Bandida.

Saudades.

Abraço sem longe.

heretico disse...

o reino dos "simulacros". sem dúvida...

beijo

casa de passe disse...

quando te conheci (com os meus comparsas de lá da casa) não me parecias , em nada, circunspecta e dorida nem te via a escolher esta versão de bach. Impressão talvez do tinto que bebi a mais.

bonito mas para mim que necessito do riso para comer faze-me sede e fome.

Loulou

XR disse...

Quanto vale uma ilusão pairando sobre o infinito abismo da realidade ?

Black Angel disse...

não me sinto em foto nenhuma, ou talvez, na primeira.
o liga e desliga com que me deparo na corrida da vida feita jogo...

pront'habitar disse...

na sequência do sentir, o sentir sem consequência.

pinky disse...

descansa o olhar na sombra e retempera forças ;)

Dick Sanders disse...

Dear Maria:

Your blog is VERY COOL! And intriguing with lots of interesting photos, art, film, ideas, etc. Very sophisticated with great music. You are quite talented in the way you put it all together. I'm afraid I only understand English -- a problem with many of us Americans.

The face portrait of mine that you put up in Nov 2007, and also used in your slide show -- it is one of my favorites. I didn't like it a lot at first, but over time I liked it more and more, and it became one I can look at endlessly now.

In my work, I'm always striving to get "a lot of time" into the portraits.

Thanks for including me. A big hug to you, too!

intruso disse...

:)

margarida já muito desfolhada disse...

desligada ando eu sempre. a cabeça na almofada é que gostava de ter durante mais tempo. (por vezes a almofada na cabeça).

a imagem é muito boa, mas banho de imersão não tomo, só duche.

beijos, desejando bom Natal e bom 2009.

PiresF disse...

Pois… há coisas que cansam, mas não é hora de desistir, pelo menos para as Marias de belos olhos e cúmplices sorrisos.

Beijo.

Saudades.

observatory disse...

...

apetece-me acabar a vida num hotel de 3ª

numa rua estreita

um casa de banho fria

uma cama dura

e um sonho doce :)

BEIJO BANDIDO

pra maior bandida do mundo

A. disse...

http://meinem-lied.blogspot.com/2008/06/blog-post_30.html


...aqui.onde o olhar aflige a ilusão.


linda.sempre.minha B.